Cursos CEAM
Turmas presenciais
e EaD*
Mestrado,
Especialização
e Seminário
Novas turmas!
Faça sua inscrição
*Ensino a distância


Liliam Lopes, missionária da Amide

No dia 18 de junho comemora-se o Dia Nacional da Imigração Japonesa. A data foi escolhida por ser o dia em que os primeiros imigrantes japoneses chegaram ao Brasil em 1908. A imigração se deu pelo aumento do número de trabalhadores rurais desempregados no Japão; e a diminuição de mão de obra na zona rural, principalmente, nos cafezais, no Brasil. Eles deixaram a sua terra natal em busca de uma vida melhor para suas famílias. Desejavam enriquecer e voltar para o Japão. No entanto, as circunstâncias não foram favoráveis e eles acabaram se estabelecendo por aqui.

Atualmente o Brasil abriga a maior população de origem japonesa fora do Japão, com cerca de 1,6 milhão de nikkeis, termo usado para denominar os japoneses e seus descendentes. Na contramão dessa imigração, no próximo dia 6 de setembro, com a Graça de Deus, eu irei ao Japão, não como emigrante em busca de melhorias de vida, mas serei enviada como missionária da Amide, com o apoio de irmãos e igrejas parceiras.

Talvez você questione por que fazer missões em um país, cujo povo parece cuidar muito bem de si mesmo, um povo exemplar, disciplinado e próspero. E a resposta é simples: missões são feitas por obediência à Palavra de Deus.

A Bíblia revela que o propósito de Deus é oferecer o Evangelho todo, por meio de toda a igreja, a toda criatura, em todo o mundo. E o salmista aponta a razão maior para a evangelização de todos os povos: “Anunciai entre as nações a sua glória, entre todos os povos, as suas maravilhas, porque grande é o Senhor e mui digno de ser louvado, mais temível do que falsos deuses” (Sl 96.3,4).

Essa evangelização se faz necessária por causa da condição humana, que está caída e em trevas, e do universo, que geme por restauração. Por isso, devemos não apenas compreender o Evangelho e vivê-lo, mas também pregá-lo a todos os que carecem de salvação.

Jesus criou uma igreja para espalhar a sua Palavra a todos os povos, em todas as gerações, até a sua volta. E o Apóstolo Paulo, em Romanos 15.20, afirma que “aqueles que nada ouviram” são a prioridade de Deus em relação à evangelização mundial.

Deus tem chamado missionários para “aqueles que nada ouviram”, e conta com o apoio, encorajamento e envio desses missionários pelas igrejas que demonstram compreender sua identidade e missão, e não estão limitadas pela territorialidade, pois entendem que seu campo missionário vai até aos confins da terra.

O Japão é um dos países menos evangelizados do mundo. Estima-se que apenas 0,3% dos japoneses são cristãos evangélicos. Esse país encontra-se na Janela 10×40, ou seja, a área do mundo onde vive o maior número de povos não alcançados.

E talvez você questione o que tem a ver com isso. Você, eu não sei, mas nós estamos à disposição do nosso Salvador para sermos usados conforme Sua vontade.

A Deus, glória pelos séculos dos séculos. A Ele, honra e poder eterno. Amém!

por Liliam Lopes
Missionária da Amide

Leave a Reply

  • (will not be published)