Cursos CEAM
Turmas presenciais
e EaD*
Mestrado,
Especialização
e Seminário
Novas turmas!
Faça sua inscrição
*Ensino a distância


string(9) "notícias"

20/6 – Dia Mundial dos Refugiados: Pastoreando ovelhas que partem
20/06/2017

Família Aziz promovendo doação de roupas para refugiados.Vivemos a maior crise de refugiados de todos os tempos. Estima-se que existam hoje mais de 65 milhões de pessoas que deixaram suas casas e estão em trânsito para algum outro lugar em busca de melhores condições de vida para si e suas famílias. A maioria delas não teve outra opção a não ser fugir por causa da guerra, pobreza extrema ou das catástrofes naturais que as atingiram. A pergunta que fica é: como cristãos, o que temos a ver com isto?

Como Igreja de Cristo não podemos ficar apáticos e indiferentes ao momento que estamos vivenciando no mundo. Deus ama os refugiados e a verdade é que existem muitos textos na Palavra sobre como deveríamos trata-los. Deuteronômio 10.18,19 é um deles e diz: “Ele [Deus] defende a causa do órfão e da viúva e ama o estrangeiro, dando-lhe alimento e roupa. Amem os estrangeiros, pois vocês mesmos foram estrangeiros no Egito”. O defensor da causa do estrangeiro é o próprio Senhor e Ele quer que nós amemos os refugiados como Ele mesmo os ama.

A guerra na Síria e no Iraque já gerou dezenas de milhões de refugiados internos nestes países ou espalhados pelo Oriente Médio e pelo mundo afora. Ainda assim, no meio do sofrimento e da dor, da morte e da destruição, testemunhos de conversões em massa e da atuação única do Espírito Santo são cada vez mais frequentes por toda a região, mesmo nos lugares mais fechados, como em regiões tomadas pelo Estado Islâmico ou em outras que antigamente quase não se ouvia falar de frutos, apesar do trabalho árduo de missionários. Deus quer alcançar a todos os povos e tem tornado a maior crise de refugiados da história em uma oportunidade única para a pregação do evangelho e para praticarmos o amor ao órfão, à viúva e aos estrangeiros.

Movidos por uma convicção – a de que precisávamos fazer parte do que Deus está fazendo no momento – deixamos tudo no Brasil e nos mudamos para o Oriente Médio para pastorear uma pequena igreja fundada por um refugiado iraquiano que imigrou para os EUA , de igual forma para dar continuidade – juntamente com os cristãos nativos de nosso país – ao socorro aos milhares que continuam se refugiando onde moramos.

Estamos há três anos servindo na Jordânia, considerada pela Anistia Internacional, em dezembro de 2016, a nação com o maior número de refugiados no mundo. Servimos cerca de 1.500 famílias, em sua maioria refugiados sírios, e temos diferentes projetos para atender a comunidade, como uma clínica médica-odontológica e outra fitness, um centro comunitário que atende crianças, mulheres e jovens com atividades educacionais e de profissionalização e geração de renda, uma casa de hóspedes para receber voluntários, um projeto de futebol e um sistema regular de distribuição de recursos de ajuda humanitária. Pouco a pouco temos visto Deus realizar milagres e alcançar o coração de muitos dos refugiados. O serviço é holístico e os frutos são para a eternidade.

Como pastor de uma igreja em trânsito, a experiência de trabalhar com povos em diáspora é algo muito marcante e complexo. Primeiramente, vale ressaltar que nosso contexto torna muito mais evidente a necessidade de um ministério baseado numa visão da missão integral de Deus. Não há como apenas pregar para o refugiado sobre as verdades espirituais e não atender sua necessidade latente por comida, roupas, saúde e educação. No refúgio, os imigrantes tornam-se ainda mais marginalizados do que os marginalizados do local. Por isso, temos buscado vagarosamente atender suas maiores necessidades enquanto levamos a eles o amor de Cristo. Pensando no texto de Deuteronômio, estamos amando o imigrante por meio das palavras e das ações.

Em segundo lugar, o ministério com refugiados é complexo por lidar com pessoas que enfrentaram traumas terríveis. Alguns perderam tudo para manterem sua fé em Cristo Jesus, ao serem perseguidos por fundamentalistas islâmicos. Outros são muçulmanos simples que fugiram da guerra, mas agora são estereotipados como sendo terroristas. Servir aqueles que estão com o coração ferido é algo trabalhoso e que demanda muita sensibilidade espiritual e paciência. Ainda assim, o Espírito Santo tem feito sua obra e é muito lindo ver as vidas sendo transformadas.

Por fim, pastorear uma igreja de refugiados é doloroso. O pastor cuida das ovelhas, entretanto, o imigrante é uma ovelha que parte. Ela ainda está buscando o pasto adequado. Somente na Jordânia são três milhões de exilados aguardando refúgio em algum país do ocidente. Isto significa que depois de todo o trabalho integral de cuidado com as ovelhas, nós – pastores de refugiados – as enviamos  para outros pastos. Já perdi a conta de quantas famílias atendemos que imigraram para o Canadá, Austrália, Alemanha ou outros lugares. Muitas vezes sofremos com as famílias por causa de tudo o que enfrentaram até chegarem até nós, então, choramos com elas e clamamos a Deus por uma oportunidade de imigração, aí as servimos com todo nosso coração, e finalmente elas partiram. Nosso coração sente, mas se alegra por saber que a missão foi cumprida.

Dessa maneira, o desafio do pastor de refugiados é preparar as ovelhas para que elas possam se tornar missionárias e efetivamente serem sal e luz por onde passarem até que se estabeleçam em seu novo lar. Ao mesmo tempo, como cristãos, cremos que somos todos refugiados. Somos imigrantes, em terra forasteira, aguardando irmos para nossa pátria celestial. Neste sentido, aprendemos muito com os refugiados e os ensinamos também sobre a necessidade de não supervalorizarmos as coisas terrenas, pois o refúgio nos ensina que tudo neste mundo pode colapsar, mas se mantermos nossa fé em Cristo poderemos um dia desfrutar do nosso lar eterno.

 

por Pr. Homero Aziz
Diretor-executivo
MAIS Oriente Médio

18 de junho: Dia da Imigração Japonesa
18/06/2017

Liliam Lopes, missionária da Amide

No dia 18 de junho comemora-se o Dia Nacional da Imigração Japonesa. A data foi escolhida por ser o dia em que os primeiros imigrantes japoneses chegaram ao Brasil em 1908. A imigração se deu pelo aumento do número de trabalhadores rurais desempregados no Japão; e a diminuição de mão de obra na zona rural, principalmente, nos cafezais, no Brasil. Eles deixaram a sua terra natal em busca de uma vida melhor para suas famílias. Desejavam enriquecer e voltar para o Japão. No entanto, as circunstâncias não foram favoráveis e eles acabaram se estabelecendo por aqui.

Atualmente o Brasil abriga a maior população de origem japonesa fora do Japão, com cerca de 1,6 milhão de nikkeis, termo usado para denominar os japoneses e seus descendentes. Na contramão dessa imigração, no próximo dia 6 de setembro, com a Graça de Deus, eu irei ao Japão, não como emigrante em busca de melhorias de vida, mas serei enviada como missionária da Amide, com o apoio de irmãos e igrejas parceiras.

Talvez você questione por que fazer missões em um país, cujo povo parece cuidar muito bem de si mesmo, um povo exemplar, disciplinado e próspero. E a resposta é simples: missões são feitas por obediência à Palavra de Deus.

A Bíblia revela que o propósito de Deus é oferecer o Evangelho todo, por meio de toda a igreja, a toda criatura, em todo o mundo. E o salmista aponta a razão maior para a evangelização de todos os povos: “Anunciai entre as nações a sua glória, entre todos os povos, as suas maravilhas, porque grande é o Senhor e mui digno de ser louvado, mais temível do que falsos deuses” (Sl 96.3,4).

Essa evangelização se faz necessária por causa da condição humana, que está caída e em trevas, e do universo, que geme por restauração. Por isso, devemos não apenas compreender o Evangelho e vivê-lo, mas também pregá-lo a todos os que carecem de salvação.

Jesus criou uma igreja para espalhar a sua Palavra a todos os povos, em todas as gerações, até a sua volta. E o Apóstolo Paulo, em Romanos 15.20, afirma que “aqueles que nada ouviram” são a prioridade de Deus em relação à evangelização mundial.

Deus tem chamado missionários para “aqueles que nada ouviram”, e conta com o apoio, encorajamento e envio desses missionários pelas igrejas que demonstram compreender sua identidade e missão, e não estão limitadas pela territorialidade, pois entendem que seu campo missionário vai até aos confins da terra.

O Japão é um dos países menos evangelizados do mundo. Estima-se que apenas 0,3% dos japoneses são cristãos evangélicos. Esse país encontra-se na Janela 10×40, ou seja, a área do mundo onde vive o maior número de povos não alcançados.

E talvez você questione o que tem a ver com isso. Você, eu não sei, mas nós estamos à disposição do nosso Salvador para sermos usados conforme Sua vontade.

A Deus, glória pelos séculos dos séculos. A Ele, honra e poder eterno. Amém!

por Liliam Lopes
Missionária da Amide

Relatório família Melo
15/05/2017

 

Primeiro Relatório Missionário 2017 

Júlio Cesar de Melo e Joaline
Local: Sertão Nordestino – Cajazeiras PB Data: 14/04/17 

1. Alvos 2017 

Pastoreio da Congregação Presbiteriana em Cajazeiras, Baixio-CE e evangelismo nos sítios; Auxilio a Coordenação dos Campos da AMIDE na África
Distribuição dos kits de evangelização – O PLANO PERFEITO
Continuidade do Projeto ‘LIXO’ com retorno de palestras nas escolas. 

2. Desempenho no campo (atuação do missionário e atividades desenvolvidas na obra) 

. 1-  Congregação presbiteriana em Cajazeiras: Pregações, estudos bíblicos, visitação nas casas, hospitais, discipulado no sítio Bé, estudos e discipulado na congregação do Baixio-CE. 

. 2-  Atos pastorais e visitas nas Congregações de Poço Dantas e S.João Bosco; 

. 3-  Realização de Oficina para professores da EBD para o departamento infantil; 

. 4-  Evangelização com o carro de som, folhetos e CDs – no Natal e no carnaval (vários bairros) 

. 5-  Viagem de Coordenação de Campo com equipe da Missão AMIDE à Guiné Bissau

Julio e joaline África

3. Motivos de louvor (orações respondidas, livramentos, gratidão, metas alcançadas etc.) 

  Pelos novos membros que foram recebidos em Cajazeiras e pelos que estão se preparando no Baixio- CE;
  Pela viagem a Guiné Bissau e pela vida transformada do jovem ‘Samba’;
  Pelas chuvas que Deus tem enviado;
  Apoio da missionária Eugênia na evangelização e no departamento infantil da Igreja;

4. Motivos de oração (necessidades específicas pessoais, pela família, pela obra) 

  Por um avivamento aqui no sertão, ore pelas congregações: Cajazeiras e Baixio-CE;
  Deus conceda crescimento saudável a igreja e uma liderança preparada por Ele; pelo próximo pastor que
deverá assumir a congregação em 2018;
  Ore por Joaline na revisão dos folhetins de cordéis e novas produções, se for da vontade de Deus;
  Pelas vidas do Ruben e Isabel na Universidade; Rebeca está tirando carteira de motorista e planejando fazer
‘ETED Comunicadores’ no próximo semestre na JOCUM-Curitiba; Jadiel em seu último ano de ensino médio e decisão de escolha do que fará na Universidade. Deus venha a guiar cada um deles em uma vida de honra e testemunho de Jesus para Sua glória!
  Ore pela vinda de quatro estagiários da AMIDE que ficarão 20 dias aqui no sertão, para que Deus nos guie no trabalho com estratégias e ações de amor, e que haja frutos para Sua glória

5. Crescimento espiritual (o que Deus lhe ensinou este trimestre) Unidade , Humildade e a constância no servir a Cristo e aos irmãos. 

6. Edificação (livros lidos, estudos realizados, participação em cursos/eventos etc.) 

A nossa família, exceto Júlio, que ficou cuidando da igreja, participou no feriado do carnaval da 19a Consciência Cristã em Campina Grande-PB.
Júlio leu: * Por que abandonei as Testemunhas de Jeová – Aldo Meneses 

* O perfil do pregador – John Stott 

7. Breve carta Pessoal 

Amados, esse trimestre passou muito rápido, mas podemos dizer que “grandes coisas fez o Senhor por nós, por isso estamos alegres”. Dois fatos marcantes: em janeiro tiramos 10 dias de férias e fomos para ‘Baía da Traição’-litoral Norte de João Pessoa onde se concentra a maioria das tribos indígenas Potiguaras. Assim tivemos um tempo de descanso e distribuição de folhetos e CD’s evangelístico naquela área. Na volta fizemos o caminho para Cajazeiras diferente adentrando o sertão pernambucano, conhecemos Serra Talhada e o museu do cangaço, sempre lançando ‘as sementes’, folhetos e cordéis por onde passamos. Em março fizemos a viagem missionária da AMIDE. Foi muito marcante após 10 anos, para mim Joaline, voltar à Guiné Bissau. Parece que o tempo não passou, senti-me muito à vontade e a língua crioulo fluiu. Visitei pela primeira vez a aldeia kobiana e sentimos muito a necessidade daquele povo. Estamos dispostos a, no tempo certo de Deus, retornarmos a Guiné Bissau. Por isso pedimos suas orações. Deus nos alegrou também com o testemunho do Samba, aquele menino que o pai queimou suas mãos e acolhemos. Deu muito trabalho por onde passou, mas agora está diferente e buscando a consagração em Deus. No culto em Míssera ele foi um dos jovens que atendeu ao apelo que Ana Maria fez para o Ide de Jesus a ser benção para Guiné ou onde Deus mandar. Visitei os irmãos de Isabel, eles precisam muito de nossas orações. Pude rever a aldeia Soninkê onde moramos, os desafios ali continuam grandes. Enfim, de volta ao sertão temos tido a grata alegria de ver as chuvas descer com mais abundância. Nossa oração é que o Espírito Santo também regue os corações e haja uma grande colheita antes de despedirmos desse campo e seguirmos em nosso alvo primordial qual seja: “Esforçando-me por pregar o Evangelho aonde Cristo não foi anunciado” Rm.14.20 

No amor de Cristo: Joaline & Júlio Melo

Diversos motivos de intercessão
08/05/2017

 

DIA 03 Agradeça pela fidelidade do Senhor nas vidas dos missionários Toni, Nete e seu filho Álex, os sustentando nos momentos de adversidade durante o ano de 2016; pela restauração da saúde do Toni; por mais uma consultoria e pelos grandes resultados; pela fácil recuperação dos jovens que foram submetidos ao “fanado”. Ore para que Deus conceda-lhes sabedoria e dirija suas vidas diante dos desafios; pela saúde da Nete, para que as fortes dores que ela tem sentido sejam aliviadas; pelas equipes de voluntários que receberão neste mês; pelo sustento da família, pois tiveram uma baixa significativa devido a alta do dólar e da crise financeira que afeta a nossa terra; pelo crescimento na fé de suas igrejas e pela salvação do povo guineense. Clame para que Deus envie os recursos para a construção da casa missionária no terreno doado pelo povo. Ore pela missionária e enfermeira Mônica Quintana Ore pelo trabalho com as jovens sarakules, para que elas possam receber a Jesus como seu Salvador. Pelo trabalho na farmácia, para que Deus lhe conceda sabedoria e graça para desenvolver um bom trabalho; pelas aulas de Educação Moral, na escola de Sintcham Sambel, para que os alunos possam compreender e aceitar a mensagem do Evangelho como também o próprio Senhor Jesus; pelo trabalho de tradução das cartilhas de alfabetização, que estará sendo analisada e corrigida pela Consultora Heliana Silva dá Missão ALEM; pelos povos sarakules e fulas, que eles possam chegar ao pleno conhecimento da obra salvífica de Cristo Jesus; interceda pelo acampamento de Páscoa que reunirá aproximadamente 200 adolescentes e jovens, para que seja um tempo de conhecer mais a Deus e de ter mais intimidade com seu Senhor. Ore por seu retorno ao Brasil e clame pela salvação da família Quintana. Agradeça pela vida de Sara Mariano que se dispôs a ministrar aulas de História e Geografia Bíblicas para os irmãos africanos no Instituto Bíblico de Ntchumbé – Guiné Bissau e pelo seu retorno em paz. Ore por seus filhos Pedro e Felipe.

DIA 04 Ore por Mário Alexandre e Walquíria, missionários entre os B*d Pela gravidez, pela formação do nosso pequenino, que haja saúde para ele e para a Wal; Agradeça pelas orações e ofertas dos irmãos: nada lhes faltou no retorno ao Brasil, o Senhor tem suprido todas as necessidades!; Pelos seus amigos B*, pela cidade de Buba e pelo bairro onde atuam: que Deus derrame Sua Graça e Se manifeste com poder e glória entre eles; Pelo período de visitação às igrejas: que o Senhor levante pessoas para caminhar com eles em oração, cuidado ministerial e ofertas, amando e servindo ao povo B* em Guiné-Bissau; Pelo seu período de readaptação ao Brasil. Que Deus lhes dê graça e sabedoria; por proteção de sua casa em Buba, enquanto a família estiver fora, e para que Deus visite seus amigos B* e cuide deles neste tempo. Ore pelos alunos da alfabetização crianças e mulheres, para que Deus os abençoe na aprendizagem, e que conheçam Issa (Jesus); pelos seus amigos B*: Ma., Samuel*, Maria*, Ra., para que Deus os guarde e que entendam o amor de Deus e o sacrifício de Jesus.

DIA 05 Clame por um avivamento na Igreja Evangélica brasileira. Ore por sua igreja, pelos que exercem cargos de liderança. Interceda pelos pastores e seus ministérios. Agradeça pelas Igrejas que são nossas parceiras em projetos e por nossos intercessores, para que receba de Deus a recompensa por seu amor e liberalidade. Ore para que o Senhor tenha misericórdia dos missionários que estão fora do país e recebem seu sustento em reais, mas precisam converter em dólar

para efetuar o câmbio no país onde estão, e que têm perdido parte desse sustento, por causa da alta do dólar. Clamemos juntos para que o dólar baixe.

DIA 06 Ore pelos obreiros que trabalham no CEAM Centro de Estudos Avançados em Missões. Pelo diretor e professor, Pr. Reginaldo Carvalho e família, para que Deus lhe conceda saúde e o sustente no ministério à frente da Igreja Presbiteriana Betânia. Pelo professor e vice-diretor do CEAM, Pr. Ricardo Oliveira, para que o Senhor dirija os projetos para o próximo ano e abençoe a sua família, ore por seu ministério pastoral à frente da 5a IPB Taguatinga, e por seu mandato à frente do Sínodo de Taguatinga . Agradeçam pela Profa Loide Silva que está coordenando os Programas de Pós-Graduação do CEAM, por sua saúde e direcionamento de Deus para 2016. Peçam por um Deão para o CEAM, e continuem intercedendo por professores de Missiologia e Teologia e professores doutores para o mestrado, que possam ser residentes na Base. Ore por Liliam Lopes, secretária do CEAM, pelo projeto que está preparando para trabalhar no Japão, para que o Senhor envie mantenedores e igrejas parceiras, e para que tenha sempre saúde, alegria renovada e paz. Ore pela saúde de sua mãe Nuci. Ore por seu irmão, Luciano, que faz tratamento no Hospital Sarah Kubitschek. Orem pela conversão de seus irmãos.

DIA 07 Ore pelos alunos do CEAM, para que Cristo seja forjado no caráter de cada um deles. Pelos alunos guineenses Cunsa, Buam e Calebe, para que Deus envie mantenedores. Agradeça ao Senhor pela vida do Sr. Hudson e sua família, irmãos queridos, que estão abençoando com ofertas para a moradia e complemento alimentar. Ore pela salvação das crianças talibês; pela adaptação da Héloïse; pela Bené, em seu aprendizado da língua Wolof; pelo Papis, para que o Senhor continue lhe dando sabedoria para conduzir o projeto Casa de Paz; pela vida dos seus parceiros e mantenedores, por quem eles são gratos. Agradeça ao Senhor por Sua bondade e graça para com a família Camara. Ore pelo registro da documentação do projeto pelo governo senegalês; e interceda pelo Senegal, para que o nome do Senhor seja invocado.

DIA 08 Agradeça pela vida do missionário Forna Quinté e sua esposa Dina. Interceda por seu ministério no campo em Guiné Bissau para que o Senhor dirija, oriente, e lhe dê sabedoria e graça. Ore pelo trabalho de evangelização e discipulado entre as aldeias. Que Deus o use para cumprir o ide Dele. Ore pelo para que Deus abra as portas e meios para adquirir um carro para fazer as visitas as aldeias e vilas. Ore pelo reforço escolar, que Deus supra todas as necessidades. Que as crianças sejam abençoadas através deste projeto. Que Ele supra todas as necessidades. Interceda pelos missionários Alessandro e Raquel Nunes, para que Deus os abençoe no tratamento de saúde que estão fazendo, e para que Deus os use para a Sua glória.

Ore pelos missionários que trabalham na Base e a família Melo
02/05/2017

1 Ana e Orlando 230 Ore pelos missionários que trabalham na Base: Família Costa pela saúde da presidente da AMIDE, missionária Ana Maria, e seu esposo Orlando, para que Deus derrame suas bênçãos sobre seu trabalho. Que o Senhor os abençoe ricamente e os guarde. Ore pelo desempenho das funções de Ana, para que o Senhor lhe revele cada passo que precisa dar e a capacite para obedecer a Sua voz, com alegria. Ore pelos seus filhos Marcelo, Patrícia, Bruno, Cláudia e suas famílias, para que o Senhor os encha, diariamente, com Seu Espírito, e que cada um cumpra cabalmente o propósito de Deus para sua vida. Ore pela saúde da D.a Amália, mãe da Ana Maria.

 

irmão Paulo e Irmã Luzinete

Família Damasceno Ore pelos caseiros Paulo e Luzinete, que cuidam da chácara com tanto empenho, para que Deus abençoe essa família com saúde, paz, e alegria renovada.

1 Bruno e Thais

Família Costa: Orlando Bruno e Thaís, Para que Deus abençoe o Bruno nas aulas que ele irá ministrar a partir do dia 21 de abril. Interceda para que Deus continue abençoando a família, e para que tenham uma vida com saúde, paz e alegria renovada.

1 Ruth e Pedro

Família Gahiosk Por Ruth, secretária da AMIDE, agradeça pelo que Deus tem feito em sua vida. Ore para que Deus envie provisão necessária para que ela possa complementar suas despesas com o tratamento ortodôntico(até 2018); continue orando para que Deus abra as portas para um trabalho para seu esposo, Pedro, pelo seu crescimento espiritual e pela conversão do filho Lucas. Ore para que Deus abençoe essa família com saúde, paz e alegria renovada e os use para a Sua glória.

Diretoria 2

DIA 01 Ore pela Diretoria da AMIDE, para que tenha unidade de propósito, discernimento e direção divina nas tomadas de decisões e criatividade no cumprimento da tarefa que Deus lhes confiou. Ore pelo Conselho Estratégico da AMIDE, para que tenha a direção de Deus na construção da vila dos nossos missionários aposentados. Continue orando pela construção de uma Capela ou uma Casa de Oração na base.

Júlio e Joaline Melo

DIA 02 Agradeça a Deus com o Pr. Júlio Melo e sua esposa Joaline Melo pelo privilégio em servi-Lo naquela terra sedenta. Deus concedeu frutos, que estes permaneçam. Orem por chuvas. A terra está terrivelmente seca. Atravessam um grande racionamento. Os açudes secaram. Clame a Deus por chuvas fisicas e espiritual, pois o coração do povo também é muito duro. Ore por Isabel, ela viajou para um tempo de férias em Guiné Bissau. A última vez que esteve em sua terra, 2013, sua mãe ainda era viva. Deus continue operando na vida dela e complete a boa obra. Que ela seja uma luz no meio do seu povo. Ore por seus filhos: Rebeca que deseja trabalhar, mas lá não tem oportunidade; Ruben, que pensa em mudar o curso no próximo semestre. Jadiel no ultimo ano a vencer do Ensino Médio. Ore para que Deus os direcione em seus ministérios neste ano em que farão 7 anos no sertão. Ore pelo Pr. Júlio no apoio pastoral na igreja de Cajazeiras e pelo avanço da evangelização nos sítios e povoados onde a carência é maior.

Oremos pelas famílias missionárias.
29/04/2017

wil edina e biova

28 Ore pela família Fanougbo. Pela saúde da missionária Edina Gomes, seu esposo Wil e líderes da Igreja em Benin, por transformação e compromisso com a Palavra e o chamado de Cristo. Ore para que Deus envie recursos para o pagamento do restante da compra do terrenos, e agradeça pela vida dos generosos irmãos nos ofertaram para pagar a maior parte do valor. Orem pela reunião que acontecerá agora em abril para concretização do plano de treinamento de pastores e líderes. Ore pelo bairro de Sodo Womey, a nova frente de evangelização. Ore para que Deus envie recursos humano e financeiro, para os projetos e também as necessidades: Pelo projeto social para ajudar os obreiros nacionais, estudantes, mulheres com seus familiares, e órfãos. Ore pela família missionária, pelo crescimento da Letícia e proteção de todos.

Geane e Pedro

29 Continue a clamar pela Miss. Geane e seu esposo Pedro, que administra o hospital na Casa Emanuel, um orfanato em Bissau, que atende crianças órfãs e aidéticas. Ore pedindo ao Senhor grande bênção sobre o seu casamento. Ore também pela missionária Selma, para que Deus a oriente em decisões para este ano. Agradeça porque chegou em paz ao Brasil, para um período de descanso revigorador, e por ter encontrado seus familiares bem. Continue intercedendo por sua mamãe, que é diabética.

Oremos pela equipe do Núcleo de Comunicação da Amide
27/04/2017

N Sérgio e Hosana N Daniel e Davi DIA 27 Interceda pela saúde de Hosana, ela está hipertensa e sofre muito com dor de cabeça e mal estar; pelo Sérgio que vai fazer uma pequena cirurgia para retirar a vesícula e corrigir uma hérnia umbilical, pela cura do problema de audição que vem sofrendo; pelo Daniel para o Senhor ajuda-lo no seu TCC da UnB; pelo Davi por porta de estágio numa empresa de publicidade; pela saúde da mãe da Hosana, Sra. Lili, com muitas dores no joelhos; por paz em meio as lutas, pela oficina de tradução Bíblica para surdos em julho e pelas demais oficinas que Sérgio e Hosana coordenam; pelo projeto Pv25:25 de contar histórias do campo. N EquipePelo Núcleo de Comunicação, pela montagem da expo dos 20 anos da Amide, pela equipe: Abelmon, Anita, Gizele, Hosana e Sérgio. Ore pelo missionário Abel, por salvação e transformação de familiares e amigos; pelo trabalho e serviço no Núcleo de Comunicação e na Educação a Distância da Amide; por seus estudos em japonês e convalidação pela FTBB (2017); pela finalização do mestrado pelo Ceam/Amide (2017); Crescimento espiritual e emocional, na graça e conhecimento de Nosso Senhor Jesus Cristo. Pelos nossos voluntários: Gizele e Mércia (jornalistas); Monick (designer); Claiton (sonoplasta); Dilson Santa Fé (locutor) e Victor Apolos (estudante de jornalismo), para que tenham do Senhor, alegria sempre renovada, saúde e disposição e disponibilidade para servi-Lo.

N AbelN Anita

Agradeça ao Pai pela vida de Beti Wiens
26/04/2017

Beth Wiens 1
DIA 25 – Agradeça ao Pai pela vida de Beti Wiens, missionária entre os Cobiana. Ore pelo tempo de descanso dela no Brasil, para que a saúde seja restaurada. Ore pelos que estão responsáveis pelo projeto em Guiné Bissau neste tempo para que Deus os direcione nos trabalhos. Ore pelas aulas, pelos alunos que ouvem da Palavra de Deus diariamente. Ore pelos professores que ensinam e ministram às crianças. Ore pelos cristãos Cobiana, para que fiquem firmes no caminho do Senhor e para que haja mais conversões e salvação entre aquele povo. Ore também pela família Djata pela saúde do casal; interceda pelo ano letivo na escola, para que seja um tempo produtivo e de boas oportunidades para propagação do evangelho.

17 Janeth e Cunsa Kolna 14 Oração de recebimento de Danilo e Carla como missionários da AMIDE (3) Cunsa Kolna na diretoria da AMIDEClaudia e Sara Lourdes Serike e Gabi

DIA 26 – Ore pelas diretoras da AMIDE: Janeth Valle – por sua família, salvação de todos, compromisso com Deus, com a igreja é com a obra missionária. Pelos negócios neste tempo de crise, que Deus os sustente com fé e alegria Nele, e continue usando-os na obra missionária. Pela Cláudia Mércia, na direção do Conselho Missionário da Igreja Presbiteriana Nacional; Picky Grosse, na direção do Conselho Missionário do Ministério Mais de Deus; Lourdes Serique, seus filhos (em especial por Aninha, fazendo tratamento de saúde), genros e noras; e Florismar Neta, que necessita da direção de Deus em decisões importantes a serem tomadas.


Mais emNotícias

18/06/2017 18 de junho: Dia da Imigração Japonesa
17/06/2017 20 anos da Amide
08/06/2017 Boletim de junho do Cisfac
15/05/2017 Relatório família Melo
08/05/2017 Diversos motivos de intercessão