Cursos CEAM
Turmas presenciais
e EaD*
Mestrado,
Especialização
e Seminário
Novas turmas!
Faça sua inscrição
*Ensino a distância


string(9) "notícias"

Notícias da base
08/08/2017

Segunda-feira, dia 7/8, a diretoria da Amide retornou ao trabalho após um breve período de recesso em julho. O Pr Toni Xavier trouxe o devocional e relatou como o trabalho no campo tem andado. A esperança, a fé e o amor se renovaram. Como água fresca para garganta sedenta, assim são as boas notícias vindas de uma terra distante. Pv 25:25

IMG_6834 IMG_6836 IMG_6840

Circular dos Bachmanns Abril a Junho 2017
07/08/2017

Motivos de Louvor

1 aaMelissa, SauloNasceu nosso segundo netinho! Estevão deu o ar da graça quinta feira, dia 03 de agosto! Melissa e Saulo agora tem o primeiro favinho de mel na colméia que estão formando! O parto foi bom, graças a Deus! O médico e sua equipe estavam sempre em oração e fizeram de tudo para que o parto fosse normal. Obrigado a cada um que orou por esse momento especial!

 

Louvo a Deus pela benção de poder retomar o mestrado que comecei em Janeiro de 2015. Sábado dia 12 parto de volta aos EUA para estudar por mais dois anos em Dallas, no Texas. Vou continuar o estudo das línguas originais, estudarei a história da teologia, a história do Antigo Testamento e contextualização bíblica.1 aaTim e Van

 

Alegria enorme e inexprimível para mim tem sido estudar a Bíblia nos Grupos de Descoberta que Deus fez surgir aqui em Anápolis e em outras cidades, e até com um grupo de haitianos em Goiânia. É um estudo bíblico indutivo, feito de forma muito parecida com que o povo de Israel estuda a Bíblia há séculos. É emocionante entender tanta coisa na Palavra mais profundamente, muito mais do que normalmente. É muito gratificante ver a Palavra de Deus mudando os pensamentos e comportamento dos que participam, algo raro nos estudos bíblicos tradicionais.

1 aaArthur 1 aaMelissa, Saulo 2

 

Pedidos de Oração

 

Pedimos oração pela saúde e crescimento saudável do Estevão. Que Deus dê ao Saulo e à Melissa a determinação e graça nessa fase de bebê tão novinho e frágil. Graças a Deus o plano de saúde cobriu as despesas hospitalares, mas houve várias outras despesas advindas do parto: que Deus levante quem Ele possa usar para cobrí-las.

 

O pedido de oração especial da Avanilde é pelo tratamento dentário que precisa muito fazer: O valor seria bem mais alto mas o que conseguimos com uma dentista muito amiga fica em torno de 2.500 reais. Agradecemos as orações pelo suprimento dessa necessidade.

 

Meu pedido de oração especial é pelo trabalho. Não posso me queixar, louvo a Deus pelas oportunidades que Ele tem me dado de O servir: coordenar as equipes de obreiros que trabalham com os tradutores ciganos e o treinamento desses obreiros em tradução da Bíblia; revisão da tradução das Notas para Tradutores, comentários especiais para tradutores da Biblia; revisão da tradução do livro de memórias que meu pai escreveu sobre seu chamado junto com minha mãe há 60 anos atrás e seu ministério no Brasil e no mundo; orientação aos Grupos de Descoberta; e os relatórios de trabalho, alguns bimestrais e outros trimestrais.

 

Com MUITA gratidão a Deus e a cada irmão,

Tim e Van Bachmann

Interceda pela família Melo
02/08/2017

Julio e Joaline

DIA 02 Agradeça a Deus com o Pr. Júlio Melo e sua esposa Joaline pelo  privilégio em servi-Lo no sertão nordestino. Deus concedeu frutos, que estes permaneçam. Agradeça pelas chuvas que vieram e clame a Deus por chuva espiritual, pois o coração do povo é duro. A religiosidade é de muita idolatria, além de outros desafios. Ore por seus filhos: Rebeca – fazendo ETED em Curitiba, que Deus a sustente; Ruben, cursando ‘Engenharia de Energia Renováveis’ na UFPB, pensa em mudar o curso no próximo semestre. Jadielno ultimo ano a vencer o Ensino Médio. Ore por Isabel, o curso de agronomia em Pombal – PB, Deus continue operando na vida dela e complete a boa obra em sua família na Guiné Bissau.   Ore pelo Pr. Júlio neste último ano pastoral com a igreja de Cajazeiras; o preparo da liderança local, o avanço da evangelização nos sítios e povoados onde a carência é maior. Que Deus direcione a próxima etapa ministerial do casal, uma vez que farão 7 anos em dezembro que atuam no sertão, além do apoio na coordenação AMIDE – África. 

Boletim de Intercessão da Amide
01/08/2017

Agosto – 2017

“Conquistando o mundo através dos joelhos que se dobram”.

 

Querido Intercessor da AMIDE, paz!

Queridos Irmãos Intercessores, paz.

Em nome do Senhor Jesus, agradecemos suas orações em favor dos missionários da AMIDE, que têm vencido muitas batalhas em seus campos, porque o Senhor Jesus, o Espírito Santo e vocês estão intercedendo por eles.

Em Romanos 8:26 lemos que o Espírito Santo intercede por nós com gemidos inexprimíveis. Isso significa que quando nos dobramos diante de Deus em oração, Ele geme dentro de nós e através de nós com toda a sua força como se não houvesse palavras.

Deus sempre responde a oração feita no Espírito.

Por tudo isso, queridos, hoje eu tenho a alegria de dobrar os joelhos em favor de todos vocês, pedindo ao Pai que continue iluminando seus corações com a luz intensa e maravilhosa do seu Espírito Santo, enchendo-os de esperança, amor e fé.

Que o Rei dos Reis os fortaleça na sublime caminhada com Ele, fazendo-os mais que vencedores em cada desafio que a vida lhes apresentar.

Com carinho e sincera gratidão envio-lhes um abraço fraterno.

 

Ana Maria Costa

 

 

DIA 01Ore pela Diretoria da AMIDE, para que tenha unidade de propósito, discernimento e direção divina nas tomadas de decisões e criatividade no cumprimento da tarefa que Deus lhes confiou. Ore pelo Conselho Estratégico da AMIDE, para que tenha a direção de Deus na construção da vila dos nossos missionários aposentados. Continue orando pela construção de uma Capela ou uma Casa de Oração na base.

Em breve os outros dias.

Notícias de Miss. Wil, Edina e Letícia
17/07/2017

RELATÓRIO DO II TRIMESTRE DE 2017

CAMPO : BENIN

Miss. Wil, Edina e Letícia

“Não a nós, Senhor, nenhuma glória para nós, mas sim ao teu nome, por amor da tua fidelidade!”Sl. 115: 1 

Queridos Irmãos 

Graça e Paz em Jesus !

É  com grande  alegria que podemos afirmar que vocês estão entrenhados nessa equipe e projeto em Benin.  Nesta perspectiva que partilhamo nossas  vitórias, sonhos assim como, lutas e desafios. Louvamos a Deus que tem sido fiel em suprir cada uma das nossas necessidades. Cada familiar, amigo, Igreja pequenina ou grande que nos tem adotado,  a pessoa que dá a oferta da viúva pobre, o rico abre o coração e  a sua mão. Os joelhos que dobram em oração e os que se consagram em jejuns. Os que ainda hoje nos enviam cartas pelo correio , um Email ou Zap imediato. Um telefonema, uma palvra amiga, uma revista ou CD de mensagens. Nossas palavras são insuficientes para expressar toda a gratidão dos nossos corações.  Muito obrigado ! Que Deus os abençõe ! 

No amor de Cristo, 

 Wil, Edina e Letícia

I. EVOLUÇÃO DOS ALVOS

Nosso trabalho de implantação de Igreja está na sua segunda fase. Estamos fortalecendo e solidificando a liderança. Na medida do possível, estamos estruturando  o trabalho com as       

mulheres, crianças.  Buscamos recursos para dar suporte aos jovens e pais de família que passam dificuldades de subsistência. Oferecemos curso para criação de animais e para meninas adolescentes, formação para produção de bijouterias.

 O projeto de evangelização foi um pouco afetado com as intensas chuvas, mas continuamos perseverando em Cocotomey  em Warm  (Sodo)

Com os pastores as atividades do grupo de intercessão dão prosseguimento. O treinamento de pastores e líderes dará início em 08 de agosto. 

II. MOTIVOS DE LOUVOR

1. Louvamos a Deus pela recuperação da saúde da  Letícia e também pela vitória do seu ano escolar. Eu também estive muito abatida com a malária, mas já estou em plena forma.

2. Louvamos a Deus pelas pessoas que nos ajudaram a pagar a primeira parcela do terreno. Já temos a promessa para a segunda. Glória a Deus !  Nosso Deus faz cada dia um milagre diferente usando pessoas  e Igrejas de bom coração. Agradecemos a Deus pelos amigos que nos ajudaram a tracar o Zinco de nossa casa. Com a morte do pai do Wil nos mudamos, e foi necessário trocar todo o zinco por causa das densas chuvas.

3. Agradecemos a Deus pelo crescimento da Igreja, já temos um coral, dois pastores que trabalham conosco e muitos desafios !

III. MOTIVOS DE ORAÇÃO

1.Orar pelas pessoas que estão recebendo treinamento, para que consigam recursos para começarem a produzir alguma.

2.Por favor orem para a próxima formação para pastores e líderes produzam transformação de vidas e ministérios.

3.Orar pela esposa do Pr. Ray, seu nome é Mary. Ela está com Câncer , aqui não tem nada gratúito, e tudo é caríssimo. Até os ricos teem dificuldades para fazer esse tratamento. Por favor peça para Deus curá-la ou dar a provisão para o tratamento. Precisamos de um milagre !

4.Por favor,  continuem  a orar   para que consigamos pagar as últimas parcelas do Terreno da Igreja.

5.Orar pelo governo de Benin e do Brasil. Não nos esqueçamos de orar por nossas autoridades, para que tenhamos vida tranquila. Romanos cap. 13.

IV. CRESCIMENTO ESPIRITUAL

Apesar das lutas, estamos muito felizes por tudo que Deus tem feito por nós. Esses dois últimos  meses estivemos estudandando sobre a família e sobre os frutos do Espírito. Tem sido muito bom pessoalmente ser desafiados a melhorar o nosso realacionamento com Deus e com o nosso próximo, principalmente no context familiar.

Para finalizar, oramos a Deus para a vida de cada um de vocês, de sua família, de sua Igreja seja cheia da presença do Santo Espírito, que a graça de Deus nosso Pai, e o amor do Senhor Jesus transborda no coração de todos que ardentemente aguarda a vinda do nosso Senhor. Maranata ! Com todo nosso amor e carinho,

Wil, Edina e Letícia

Carta informativa Abril e Maio – Família Ribeiro
26/06/2017

13445941_803018489834622_1165599328_o 13461154_701553726649290_1880249065_o 13467310_803018559834615_1563754206_o 18278445_10212915345303444_9152351527133299269_o 18952952_10213302809269801_677409624215798644_n 19029466_10213302810789839_7891440471620279439_n 19113883_10213302804869691_8988986215154144025_n 19260682_10213468742898038_5927127022629177180_n
Meditação
“E nos campos intelectual, moral e espiritual é a luz da santidade de Deus que traz toda a beleza e sentido da vida. O pecado faz o contrario ele entorpece as cores da vida, enfraquece a sua sensibilidade, escurece a mente e sega o espírito.
Por outro lado, a luz da santidade de Deus expõe o pecado.”
Queridos intercessores, no livro que estou meditando, Conceitos e chave da Bíblia, dos autores David Gooding e John lennox.  No capitulo 2, pagina 20, nos leva a refletir e a viver uma vida de total santidade, pois como homens e mulheres do Senhor é dever nosso levar a luz da santidade de Deus para os perdidos. Deus é luz; I João. 1: 5.
Família Ribeiro:
Hoje estamos desfrutando dos grandes feitos do Senhor, e buscando viver dia após dia a santidade de Deus, não é fácil viver em uma sociedade corrupta e cheia de religiosidade, mas Deus tem sido a nossa luz e tem nos capacitado a viver em santidade.
Joseane, está desenvolvendo o seu projeto como coordenadora no distrito da Serra da Tapuia, um povoado com mais de 2 mil habitantes, ela está acompanhando vários adolescentes envolvidos com drogas e gravides de risco. Daniel esta em Natal trabalhando com sua igreja. Junior e sua esposa Janaina estão cuidando e ensinando a nossa netinha Tiffany nos caminhos do Senhor. Eles estão orando para o Senhor abrir as portas no campo missionário. O desejo deles é irem para Brasilia, onde pretendem realizar o curso missionário na Amide. Queridos peço orações pelo nosso casula Josué Calebe, dia 28 de junho, próxima quarta feira, ele estará entrando em uma nova fase de sua vida, completará 12 anos, saindo de criança para a adolescência. Uma linda fase, mas que requer os nossos cuidados. Nosso oração é por vida espiritual, santidade e temor ao nosso Deus, peço também orações por uma realização dele, seu desejo é ganhar um tablet para poder realizar os trabalhos no colégio. Estou bem e muito feliz por tudo que tenho visto na minha vida profissional e ministerial, Deus tem cuidado e suprido as nossas necessidades. Obrigado pelas intercessões.
Projeto Oiticica:
O projeto tem caminhando juto as famílias e levado a palavra de Deus, em Abril realizamos algumas programações importantes com as famílias do Cedo e da igreja, Joseane realizou um chá para as mães e foram enteques duas sextas básicas para duas famílias carretes. As crianças do cedo foram abençoadas com a comemoração dos aniversariantes do mês de Abril.
Em maio, Viajamos para Brasilia, onde participamos do aniversario de 20 anos da nosso missão Amide, foi um tempo muito bom! Compartilhamos com os nossos parceiros e igrejas, novos desafios para o projeto, como a construção de um campo de Futebol, duas salas para os alunos, e levantar mais parceiros para o suplemento da alimentação e manutenção do carro. No dia 10 de junho recebemos alguns irmãos da Igreja Barista Regular de Nova Parnamirim, eles realizaram um mutirão missionário com médicos, visita nos lares, evangelização, bazar, cinco sextas básicas para as mães do cedo e uma palavra abençoada com o Pastor Roberto.
Desafios:
Queridos, para desenvolver um projeto com 30 crianças de 06 a 12 anos, 18 pela manhã e 12 a tarde com alimentação, reforço escola, acompanhamento família e discipulado não é uma tarefa muito fácil, só a misericordiador do Senhor e a contribuição dos amado para poder suprir as necessidades do projeto. Por isso quero desafiar os amados a se tornarem um parceiro do nosso projeto. Seja um paceiro orando, contribuindo e realizando vistas no campo de Oiticica será uma honra telo como parceiro do Projeto.
Para contribuição e Contato Whatssap:
84 98813-4631
Banco do Brasil:
AG: 3545-9
C{C: 11.686-6
Ronaldo Ribeiro Da Silva
 Agradecimento:
Louvamos a Deus por você amado intercessor, as vossas intercessões tem nos encorajados a permanecer firmes nos propositor do Senhor!
Louvamos a Deus por você amado contribuinte, as vossas contribuições tem suprido as necessidades do campo, da nossa família e das famílias do cedo!
Louvamos a Deus por você amado visitante, as vossas visitas tem nos confortado o coração e nos alegrado, pois cada abraco, cada sorriso, cada cheiro dos amados tem demostrado o quanto Deus nos ama e que Ele esta este negocio!
Com amor.
Família Ribeiro.
Ronaldo, Joseane, Junior, Janaina, Tiffanye, Daniel e Josué.

Dia Mundial dos Refugiados: Pastoreando ovelhas que partem
20/06/2017

Família Aziz promovendo doação de roupas para refugiados.Vivemos a maior crise de refugiados de todos os tempos. Estima-se que existam hoje mais de 65 milhões de pessoas que deixaram suas casas e estão em trânsito para algum outro lugar em busca de melhores condições de vida para si e suas famílias. A maioria delas não teve outra opção a não ser fugir por causa da guerra, pobreza extrema ou das catástrofes naturais que as atingiram. A pergunta que fica é: como cristãos, o que temos a ver com isto?

Como Igreja de Cristo não podemos ficar apáticos e indiferentes ao momento que estamos vivenciando no mundo. Deus ama os refugiados e a verdade é que existem muitos textos na Palavra sobre como deveríamos trata-los. Deuteronômio 10.18,19 é um deles e diz: “Ele [Deus] defende a causa do órfão e da viúva e ama o estrangeiro, dando-lhe alimento e roupa. Amem os estrangeiros, pois vocês mesmos foram estrangeiros no Egito”. O defensor da causa do estrangeiro é o próprio Senhor e Ele quer que nós amemos os refugiados como Ele mesmo os ama.

A guerra na Síria e no Iraque já gerou dezenas de milhões de refugiados internos nestes países ou espalhados pelo Oriente Médio e pelo mundo afora. Ainda assim, no meio do sofrimento e da dor, da morte e da destruição, testemunhos de conversões em massa e da atuação única do Espírito Santo são cada vez mais frequentes por toda a região, mesmo nos lugares mais fechados, como em regiões tomadas pelo Estado Islâmico ou em outras que antigamente quase não se ouvia falar de frutos, apesar do trabalho árduo de missionários. Deus quer alcançar a todos os povos e tem tornado a maior crise de refugiados da história em uma oportunidade única para a pregação do evangelho e para praticarmos o amor ao órfão, à viúva e aos estrangeiros.

Movidos por uma convicção – a de que precisávamos fazer parte do que Deus está fazendo no momento – deixamos tudo no Brasil e nos mudamos para o Oriente Médio para pastorear uma pequena igreja fundada por um refugiado iraquiano que imigrou para os EUA , de igual forma para dar continuidade – juntamente com os cristãos nativos de nosso país – ao socorro aos milhares que continuam se refugiando onde moramos.

Estamos há três anos servindo na Jordânia, considerada pela Anistia Internacional, em dezembro de 2016, a nação com o maior número de refugiados no mundo. Servimos cerca de 1.500 famílias, em sua maioria refugiados sírios, e temos diferentes projetos para atender a comunidade, como uma clínica médica-odontológica e outra fitness, um centro comunitário que atende crianças, mulheres e jovens com atividades educacionais e de profissionalização e geração de renda, uma casa de hóspedes para receber voluntários, um projeto de futebol e um sistema regular de distribuição de recursos de ajuda humanitária. Pouco a pouco temos visto Deus realizar milagres e alcançar o coração de muitos dos refugiados. O serviço é holístico e os frutos são para a eternidade.

Como pastor de uma igreja em trânsito, a experiência de trabalhar com povos em diáspora é algo muito marcante e complexo. Primeiramente, vale ressaltar que nosso contexto torna muito mais evidente a necessidade de um ministério baseado numa visão da missão integral de Deus. Não há como apenas pregar para o refugiado sobre as verdades espirituais e não atender sua necessidade latente por comida, roupas, saúde e educação. No refúgio, os imigrantes tornam-se ainda mais marginalizados do que os marginalizados do local. Por isso, temos buscado vagarosamente atender suas maiores necessidades enquanto levamos a eles o amor de Cristo. Pensando no texto de Deuteronômio, estamos amando o imigrante por meio das palavras e das ações.

Em segundo lugar, o ministério com refugiados é complexo por lidar com pessoas que enfrentaram traumas terríveis. Alguns perderam tudo para manterem sua fé em Cristo Jesus, ao serem perseguidos por fundamentalistas islâmicos. Outros são muçulmanos simples que fugiram da guerra, mas agora são estereotipados como sendo terroristas. Servir aqueles que estão com o coração ferido é algo trabalhoso e que demanda muita sensibilidade espiritual e paciência. Ainda assim, o Espírito Santo tem feito sua obra e é muito lindo ver as vidas sendo transformadas.

Por fim, pastorear uma igreja de refugiados é doloroso. O pastor cuida das ovelhas, entretanto, o imigrante é uma ovelha que parte. Ela ainda está buscando o pasto adequado. Somente na Jordânia são três milhões de exilados aguardando refúgio em algum país do ocidente. Isto significa que depois de todo o trabalho integral de cuidado com as ovelhas, nós – pastores de refugiados – as enviamos  para outros pastos. Já perdi a conta de quantas famílias atendemos que imigraram para o Canadá, Austrália, Alemanha ou outros lugares. Muitas vezes sofremos com as famílias por causa de tudo o que enfrentaram até chegarem até nós, então, choramos com elas e clamamos a Deus por uma oportunidade de imigração, aí as servimos com todo nosso coração, e finalmente elas partiram. Nosso coração sente, mas se alegra por saber que a missão foi cumprida.

Dessa maneira, o desafio do pastor de refugiados é preparar as ovelhas para que elas possam se tornar missionárias e efetivamente serem sal e luz por onde passarem até que se estabeleçam em seu novo lar. Ao mesmo tempo, como cristãos, cremos que somos todos refugiados. Somos imigrantes, em terra forasteira, aguardando irmos para nossa pátria celestial. Neste sentido, aprendemos muito com os refugiados e os ensinamos também sobre a necessidade de não supervalorizarmos as coisas terrenas, pois o refúgio nos ensina que tudo neste mundo pode colapsar, mas se mantermos nossa fé em Cristo poderemos um dia desfrutar do nosso lar eterno.

 

por Pr. Homero Aziz
Diretor-executivo
MAIS Oriente Médio

18 de junho: Dia da Imigração Japonesa
18/06/2017

Liliam Lopes, missionária da Amide

No dia 18 de junho comemora-se o Dia Nacional da Imigração Japonesa. A data foi escolhida por ser o dia em que os primeiros imigrantes japoneses chegaram ao Brasil em 1908. A imigração se deu pelo aumento do número de trabalhadores rurais desempregados no Japão; e a diminuição de mão de obra na zona rural, principalmente, nos cafezais, no Brasil. Eles deixaram a sua terra natal em busca de uma vida melhor para suas famílias. Desejavam enriquecer e voltar para o Japão. No entanto, as circunstâncias não foram favoráveis e eles acabaram se estabelecendo por aqui.

Atualmente o Brasil abriga a maior população de origem japonesa fora do Japão, com cerca de 1,6 milhão de nikkeis, termo usado para denominar os japoneses e seus descendentes. Na contramão dessa imigração, no próximo dia 6 de setembro, com a Graça de Deus, eu irei ao Japão, não como emigrante em busca de melhorias de vida, mas serei enviada como missionária da Amide, com o apoio de irmãos e igrejas parceiras.

Talvez você questione por que fazer missões em um país, cujo povo parece cuidar muito bem de si mesmo, um povo exemplar, disciplinado e próspero. E a resposta é simples: missões são feitas por obediência à Palavra de Deus.

A Bíblia revela que o propósito de Deus é oferecer o Evangelho todo, por meio de toda a igreja, a toda criatura, em todo o mundo. E o salmista aponta a razão maior para a evangelização de todos os povos: “Anunciai entre as nações a sua glória, entre todos os povos, as suas maravilhas, porque grande é o Senhor e mui digno de ser louvado, mais temível do que falsos deuses” (Sl 96.3,4).

Essa evangelização se faz necessária por causa da condição humana, que está caída e em trevas, e do universo, que geme por restauração. Por isso, devemos não apenas compreender o Evangelho e vivê-lo, mas também pregá-lo a todos os que carecem de salvação.

Jesus criou uma igreja para espalhar a sua Palavra a todos os povos, em todas as gerações, até a sua volta. E o Apóstolo Paulo, em Romanos 15.20, afirma que “aqueles que nada ouviram” são a prioridade de Deus em relação à evangelização mundial.

Deus tem chamado missionários para “aqueles que nada ouviram”, e conta com o apoio, encorajamento e envio desses missionários pelas igrejas que demonstram compreender sua identidade e missão, e não estão limitadas pela territorialidade, pois entendem que seu campo missionário vai até aos confins da terra.

O Japão é um dos países menos evangelizados do mundo. Estima-se que apenas 0,3% dos japoneses são cristãos evangélicos. Esse país encontra-se na Janela 10×40, ou seja, a área do mundo onde vive o maior número de povos não alcançados.

E talvez você questione o que tem a ver com isso. Você, eu não sei, mas nós estamos à disposição do nosso Salvador para sermos usados conforme Sua vontade.

A Deus, glória pelos séculos dos séculos. A Ele, honra e poder eterno. Amém!

por Liliam Lopes
Missionária da Amide


Mais emNotícias

07/08/2017 Circular dos Bachmanns Abril a Junho 2017
02/08/2017 Interceda pela família Melo
01/08/2017 Boletim de Intercessão da Amide
31/07/2017 Informativo da Gabi
31/07/2017 Relatório da Família Melo